Os cuidados de saúde oral do bebé devem começar mesmo antes do seu nascimento, através consciencialização dos pais acerca dos cuidados orais a ter e problemas que possam advir se estes não forem colocados em pratica diariamente.
Só pais informados podem garantir uma melhor saúde oral aos seus filhos!

Após o nascimento do bebé, é essencial garantir a higiene oral diária, mesmo antes da erupção dos primeiros dentes de leite. Sabia? Mesmo antes de nascerem os primeiros dentes, os pais devem limpar as gengivas e mucosas do bebé com uma gaze humedecida em água morna, usando o dedo indicador, pelo menos 1x por dia, preferencialmente à noite.

Quando começam a nascer os primeiros dentes, por volta dos 6 meses de idade, deve iniciar-se a escovagem com uma escova de dentes com uma cabeça pequena e cerdas suaves indicadas para bebés ou então recorrer a uma dedeira de silicone. A frequência de escovagem é de pelo menos 2x por dia, uma delas obrigatoriamente à noite.

gaze/dedeira/escova pequena

E em relação ao dentífrico a utilizar? Posso fazer a escovagem com qualquer dentífrico ou tem de ser um específico? Segundo a DGS (Direcção Geral da Saúde) após a erupção do primeiro dente deve ser utilizado um dentífrico com uma concentração de flúor entre os 1000 e 1500 ppm de flúor, e não com concentração inferior (observar rótulo da embalagem dos dentífricos para saber a concentração de flúor presente). A quantidade a utilizar nos bebés corresponde a uma pequena raspa de dentífrico na escova.

E o flúor? Há indicações para a toma de comprimidos de flúor? O aporte de flúor é de extrema importância logo após o nascimento do primeiro dente, que é feito através da utilização de dentífricos com flúor, como foi referido anteriormente. Relativamente aos comprimidos de flúor (flúor sistémico), a DGS desaconselha o uso de flúor em comprimidos ou gotas nos bebés e crianças. A sua prescrição só está indicada em casos excepcionais de elevado risco à cárie dentária, sempre a partir dos 3 anos e com indicação médica.

Posso transmitir a cárie dentária ao meu bebé? Sim, a cárie dentária é uma doença infecciosa, no sentido em que, através da saliva, há transmissão de bactérias dos cuidadores para o bebé, bacterias essas responsáveis pelo início da cárie dentária.

Por isso, há que evitar alguns comportamentos como:
– Provar/soprar a comida com a colher do bebé;
– Colocar a chupeta na boca para a limpar;
– Dar beijinhos na boca do bebé.

Que outros comportamentos/hábitos podem levar ao aparecimento da cárie dentária na primeira infância? Os cuidados alimentares devem ser tidos em conta, nomeadamente os alimentos açucarados. Mergulhar a chupeta em líquidos açucarados, a toma de líquidos açucarados através do biberão, a toma de xaropes durante o período da noite são comportamentos que devem ser evitados ou reduzidos. Deve ser estimulado o aleitamento materno, até pelo menos 4/6 meses, em caso do uso do biberão colocar apenas leite ou água.

Porquê cuidar dos dentes de leite? Os dentes de leite são importantes para o desenvolvimento maxilar, da dentição permanente, da mastigação e da dicção, possibilitando um normal crescimento físico, psíquico e social. A perda prematura de dentes de leite pode levar ao aparecimento de problemas de falta de espaço para a erupção dos dentes definitivos.

Usar chupeta danifica os dentes? A utilização de chupeta é importante, pois vai estimular os músculos da face e acalma o bebé. Se o hábito for retirado até aos 2 anos de idade as alterações que possam ter ocorrido na cavidade oral são maioritariamente corrigidas sem necessidade de tratamento. Contudo, nem todas as chupetas comercializadas são as mais indicadas. Apenas a chupeta anatómica e a em forma de gota são as indicadas. Em formato de cereja é totalmente desaconselhada.


Sequência de Erupção dos Dentes de Leite:
Os primeiros dentes de leite a erupcionar são os incisivos centrais inferiores, por volta dos 6 meses de idade, seguindo-se os incisivos centrais superiores e os laterais superiores e inferiores (já perto do 12º mês). Por volta dos 18 meses erupcionam os primeiros molares de leite, e aos 3 anos, em média, a erupção dos dentes de leite fica completa com os caninos e segundos molares, perfazendo os 20 dentes que constituem a dentição de leite.

image (3)

Rita Alves
Rita AlvesDental Hygienist
Marcar Consulta de Avaliação